juventude

as vezes eu tenho vontade de largar tudo e fugir daqui, viver em um apê meia boca no centro da cidade, comprar café e sair por aí com um coturno alto e uma jaqueta grande de couro. rodar os postes, fotografar estranhos, dançar sem nenhuma melodia e rezar pra que no final do mês dê pra pagar o boleto. as vezes eu quero viver tudo o que eu não vivo e já quis viver, viver um romance europeu, um filme nova iorquino, viver como se tudo fosse a primeira vez e a única obrigação que eu tenho seja apenas ser feliz. passar madrugadas em claro de cabeça para baixo, ir a bailes, festas, baladas com alguns gatos pingados. as vezes eu queria não ser eu, e não te conhecer e não fazer parte de tudo o que eu faço parte. as vezes eu queria ser uma ideia mais fácil de viver

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s